#VocêNaUnigranet: Fábio e Fabricio, duas histórias transformadas pelo EAD da Unigran | Blog Unigran Net

As histórias que contaremos hoje são de dois rapazes, Fábio e Fabricio, que buscam garantir um futuro melhor por meio do ensino a distância da Unigran Net.

“Me sinto realizado por estudar em uma universidade brasileira na Europa”

Fábio Sousa

“Eu quero que outros acadêmicos descubram esse mundo fantástico”

Fabricio Moraes

Quem são?

Fábio Sousa mora há um ano e oito meses em Vila Nova de Gaia, Portugal, e cursa Letras no Polo de Porto. Já Fabricio Pedroso de Moraes cursa o 4º semestre de Letras no polo de Taió, em Santa Catarina.

Natural de Abaeté, Minas Gerais, Fábio mudou-se para a Europa buscando melhores condições de vida. Além disso, almejava trabalho e formação acadêmica.

Quando mais novo sempre acreditou que o ambiente escolar faria falta na vida adulta. E foi esse sentimento gerou nele o interesse pela área das Letras e por ensinar.

No caso de Fabricio, este optou pelo ensino a distância porque residia em uma cidade onde as universidades não ofertavam o curso de Letras na modalidade presencial. Ele ainda acrescenta o conhecimento do curso na sua profissão como agente contábil público, no qual atua há cinco anos. “O curso superou as minhas expectativas e realmente estou muito satisfeito com o ensino do EAD da Unigran Net”, afirma o estudante. 

FÁBIO

Fotos Fabio Unigran Net“Como sou do interior mineiro, sinto falta de algumas comidas típicas, das festas em família, almoços de domingo e amigos”. Fábio afirma, inclusive, que o grande desafio da vida é conviver com a distância da família, principalmente com a saudade dos pais e do irmão.

Os pontos turísticos que gosta particularmente em Vila Nova de Gaia, são:  Jardim do Morro, onde segundo ele “é possível desfrutar de um lindíssimo pôr-do-Sol e, ao mesmo tempo, contemplar o rio Douro e a zona ribeira do Porto, além da Avenida dos Aliados, que se pode admirar edifícios históricos e riquíssimos em relação a arquitetura”.

Sobre sua história com a Unigran, Fábio diz que conhecer a instituição foi uma experiência muito boa. Isso porque, “pessoalmente, me sinto realizado por estudar em uma universidade brasileira na Europa. Profissionalmente, será muito importante o conhecimento adquirido para que eu possa ser um profissional da área de Letras bem sucedido”.


FABRICIO

Sobre os conhecimentos que já aprendeu ao longo do curso na Unigran Net, Fabricio destaca as habilidades de escrita, produção textual, a importância e influência da literatura para que mantenhamos a história viva. Além da necessidade de ter conhecimentos linguísticos a respeito da nossa língua materna.
 
Quando questionado, ele diz que o curso está transformando literalmente sua vida pessoal e profissional. Mesmo que ainda não seja formado, Fabricio está trabalhando em um projeto que provavelmente levará por anos. Este visa favorecer a comunidade científica na área linguística.

“A plataforma da Unigran Net é objetiva e de fácil acesso. Ela nos permite entrar em contato direto com o professor, com os colegas e também postar nossas dúvidas e atividades. É uma verdadeira sala de aula”, afirma Fabricio.

Sonhos com a Unigran Net

Fábio

“Na esfera profissional, me sinto desafiado a cursar Medicina, apesar da dificuldade de ingresso em Portugal. Após me formar na Unigran, pretendo iniciar um curso de Mestrado em uma Universidade portuguesa”.

Fabricio

“Eu quero que outros acadêmicos descubram esse mundo fantástico com pessoas maravilhosas que descobri na Unigran Net. Meu sonho é trabalhar com os professores do meu curso de Letras, poder contatá-los para compartilhar novos conhecimentos, experiências e agregar novas descobertas”.

O ensino a distância da Unigran Net está em mais de 130 polos no Brasil e doze países pelo mundo. E lembre-se: seja em Portugal, no Brasil ou onde estiver é possível transformar sua carreira.

Então, se você não quer perder outras histórias como essa, siga nosso perfil no Facebook, Twitter, LinkedInInstagram nossas histórias sempre estarão por lá!



Postagens Relacionadas