Como gerar motivação nos seus colaboradores? | Blog Unigran Net

Quando se fala em motivação, corre-se o risco de cair nos mesmos clichês. Frases e métodos sempre utilizados por palestrantes e gurus do mundo corporativo.

A abordagem empregada por essas figuras quase sempre passa por fórmulas mágicas e sugestões pouco objetivas sobre como liderar sua própria equipe.

Na contramão de tudo isso, preparamos hoje para você algumas dicas que condizem verdadeiramente com a realidade das organizações. Fizemos isso com o intuito de que você possa internalizar algumas lições e verificar o que de fato pode ser aplicado ao contexto em que você atua. Você vai se surpreender! Não deixe de conferir:

Os caminhos da motivação:

Confira um propósito ao trabalho

Não existe nada pior que executar um determinado trabalho de forma meramente mecânica. Sem saber identificar qual o encadeamento lógico junto às demais atividades de um fluxo de trabalho, é simplesmente fazer por fazer. E o sentimento de quem está nesse tipo de situação é de que falta um propósito para aquilo que vem sendo feito.

Pensando nisso, quem lidera uma equipe nunca pode deixar de dar significado para toda e qualquer atividade delegada. Isso faz com que o funcionário entenda a importância da suas tarefas. Além de, até mesmo, ter maior responsabilidade para com o objeto do trabalho.

motivaçãoPara que tudo fique mais claro, imagine duas situações. Na primeira, temos um colaborador enfadado pela rotina de seu trabalho. Sempre executando as mesmas tarefas todos os dias sem saber qual a finalidade daquilo.

No segundo caso, temos uma situação em que o chefe investe tempo e dedicação para que o colaborador possa enxergar onde se encaixa o seu trabalho e da equipe. Na tentativa de que ele passe a ter um visão sistêmica e compreenda que se ele não entregar valor no quem vem sendo feito, outra etapa do processo será comprometida.

No segundo cenário temos muito mais chances de manter uma equipe motivada, não é mesmo? Afinal, haverá um processo de empoderamento daquela pessoa, antes deixada à própria sorte, fazendo tudo de forma mecânica.

Lidere pelo exemplo

Certamente, você já ouviu dizer que as pessoas querem enxergar em seu chefe uma figura inspiradora. O líder deve ser alguém em que os demais possam se espelhar. É bastante natural que as coisas sejam assim, pois o papel de liderança deve ser justificado de alguma forma. Logo, quem está nessa posição deve trabalhar duro para atender a tamanha expectativa.

motivação unigran netDito isso, a pergunta que fica é: o que você tem feito para isso? Qual exemplo vem sendo dado?

Objetivamente, podemos dar um exemplo ligado às rotinas de trabalho. A liderança deve sempre se colocar no papel de ajudar em momentos de dificuldade.

Até mesmo se sacrificar para cumprir metas desafiadoras. E também fornecer todo o subsídio necessário para que todos cumpram seu trabalho a contento. Do contrário, o líder será um reles “mortal”, alguém que se rendeu às circunstâncias e que também está desmotivado em um cenário de dificuldade.

Trabalhe com um sistema de recompensas

O que pode ser constatado pela experiência prática de qualquer um também foi confirmado por estudos na área psicologia comportamental: nós somos movidos por recompensas. Ou seja, recompensas = motivação para melhorar.

No mundo do trabalho essa máxima pode ser facilmente compreendida. Equipes remuneradas por bons resultados tendem a se manter mais motivadas.

Acontece que em tempos de crise como o atual, vive-se uma lógica de recursos escassos, em que nem sempre é viável se trabalhar com compensações financeiras. Nesses casos, cabe às lideranças colocar a imaginação para funcionar e pensar em alternativas.

motivação unigran netNo caso de promoções, por exemplo, sempre convém optar por aqueles colaboradores que se destacaram no cumprimento de suas atribuições. Isso passa a mensagem para o grupo de que você é uma liderança que leva em conta critérios de justiça na hora de recompensar.

Ainda em se tratando de alternativas na lógica de racionalização de gastos, pode-se pensar em premiações de baixo custo. Por exemplo, folgas compensatórias, descontos em serviços e produtos de fornecedores parceiros, entre outras possibilidades.

Depois de conferir o post de hoje, você pôde perceber que fomentar a motivação de sua equipe nada mais é que gerir pessoas. Liderar, no fim das contas, também é isso, não é mesmo?

Enfim, que tal se capacitar para chegar a melhores resultados nessa área? Com o curso em Gestão de Recursos Humanos da Unigran Net você chega mais longe.

Acesse a página do curso em nosso site e confira tudo que você precisa saber: próximas turmas, preços, condições e especificações técnicas do curso!


Postagens Relacionadas