O que é Omnichannel e como influencia o processo de compra? | Blog Unigran Net

Integração. Isso é o que define o Omnichannel. Não entendeu muito bem? Continue a leitura que a gente explica mais sobre isso.

O que é Omnichannel?

O Omnichannel é uma tendência do varejo que se baseia na convergência de todos os canais utilizados por uma empresa. Em latim, “omni” significa “tudo”, “universal”. Algo que engloba todas as possibilidades e variáveis, ou seja, é a integração e a interação de lojas físicas, virtuais e seus compradores.

Em outras palavras, Omnichannel é a possibilidade de fazer com que o consumidor não veja diferença entre o mundo online e offline da empresa. Essa tendência é uma evolução do conceito de multicanal. Pois é completamente focada na experiência do consumidor, e nos canais existentes de uma determinada marca.

Diversos canais de compra Unigran Net

Como por exemplo, há os aplicativos mobile que combinam com o layout do site com a temática interna das lojas físicas. De forma prática, isso propicia ao consumidor utilizar todos os canais disponibilizados pela empresa. Além de realizar a quebra das barreiras entre o mundo físico e o digital.

Como funciona Omnichannel na prática?

Enfim, é importante enfatizar que para ser Omnichannel não basta fazer com que o seu app para smartphone reflita a identidade do seu site e que seu site reflita o ambiente da loja física. O conceito de Omnichannel vai além de simplesmente estar presente em todos os canais de venda ou comunicação.

Por meio da integração de canais, o consumidor satisfaz suas necessidades de consumo onde e quando desejar. No momento mais confortável para ele, não havendo restrições de local, horário ou meio.

Uma vez que Omni significa “tudo” e todo o processo de compra é executado pelo cliente, a empresa deve planejar objetivando a melhor experiência do mesmo. Pensando assim, é fácil perceber que é bem mais que uma simples padronização de apps, sites e lojas.

Todo o esforço tem a ver com a jornada do cliente e como todos esses canais de vendas facilitam a decisão da compra e simplificam o processo de venda para o lojista. Afinal, as lojas físicas e virtuais estarão cada vez mais integradas, gerando assim algumas mudanças substanciais na cadeia logística.

Porém, é preciso que o profissional esteja atento a essas mudanças, prestando atenção em seus desafios e também nas suas oportunidades. Novos processos logísticos de processamento de pedido, previsão de demanda, gestão de estoques e transporte, entre outros, precisarão ser reinventados.

E embora não percebamos claramente, a logística está presente em nossas vidas. Um bom exemplo é quando você vai às compras e consegue encontrar o produto desejado, na quantidade certa, no local certo e com o preço justo.

Processo de Compra Unigran Net

Esse é o resultado de uma logística que funcionou corretamente. Sem esse trabalho importantíssimo passamos dificuldades para encontrar os materiais que desejamos ou pagamos um preço maior por eles.

Onde posso conhecer mais sobre as questões que envolvem a Logística?

Existem cursos que formam profissionais capazes de controlar toda a logística, seja para gerenciar e operacionalizar os processos de aquisição, administrar materiais ou cuidar da armazenagem, movimentação, separação, produção, expedição e transportes.

Ao longo da graduação, o aluno adquire visão sistêmica da organização, mobilizando conhecimentos e habilidades sobre rotinas, procedimentos, documentos e técnicas específicas para assegurar a eficácia desses processos. Além disso, o futuro profissional será capaz de fazer observações e análises para identificar e criar novas estruturas de trabalho ou oportunidades de negócio.

A graduação pode ser feita como bacharelado ou tecnólogo. A primeira opção tem duração média de quatro anos e é composta também por conteúdos que abrangem algumas áreas relacionadas. Como Ciências Exatas, Marketing e Administração.

Já o tecnólogo dura dois anos e é focado na preparação e inserção do aluno, futuro profissional e também no mercado de trabalho. O curso oferece tecnologias e ferramentas para o estudante desenvolver as competências essenciais. Tudo visando um uso eficiente dos recursos empresariais e do relacionamento com clientes e fornecedores.

Algumas disciplinas específicas da área presentes no curso tecnólogo são:

  • Administração de Materiais e Patrimoniais;
  • Custos Logísticos;
  • Logística e Contexto Econômico;
  • Sistemas de Informações Gerenciais;
  • Logística aplicada ao Comércio Exterior;
  • Planejamento, Programação e Controle de Produção;
  • Atribuições do Almoxarifado e Logística Reversa;
  • Controle da Qualidade;
  • Planejamento de Estoque;
  • Transportes Logísticos e Intermodais.

Então, gostou das disciplinas estudadas no curso de Logística? Faça agora mesmo a sua inscrição para o vestibular! Você também pode acessar a página do curso e conferir mais detalhes clicando aqui.

Artigo relacionado: A importância do profissional de logística

Referências: Sensedia, Sebrae e Painel Logístico


Postagens Relacionadas