Economia: atuação e mercado | Blog Unigran Net

Quer saber como funciona o curso de Economia? Imagine uma profissão que exige de você características como a capacidade de fazer projeções e estimativas a respeito de determinado tema. Na qual, quanto maior for o seu foco, sua organização e sua visão estratégica, maior tende a ser o seu reconhecimento. Imaginou? Agora acrescente a isso uma maior sofisticação no trato com os cálculos.

Pronto. Essa é a lógica do curso de Economia, o nome mais conhecido do curso de Ciências Econômicas, uma modalidade interdisciplinar que compreende as áreas de Exatas e Humanas.

Quer saber mais sobre ele e as possibilidades de carreira que oferece? Então acompanhe.

O curso de Ciências Econômicas

Na graduação, o aluno conhece e passa a se aprofundar no uso das ferramentas que darão a ele condições para atuar profissionalmente. Sendo assim, o curso começa com matérias básicas que servirão como base para a carreira. Algumas delas são:

  • História da economia;

  • Pensamento econômico;

  • Ciências sociais;

  • Contabilidade social;

  • Econometria.

Com o tempo, acontece o aprofundamento. É quando matérias mais densas começam a aparecer. Algumas delas:

  • Economia e complexidade;

  • Economia política e contemporânea;

  • Economia do trabalho;

  • Economia monetária.

Motivos para escolher o curso de Economia

A Economia vai muito além do trabalho com números. Ela envolve análises amplas a respeito de diferentes situações. Para tanto, é preciso estudar como se dão os processos produtivos, de acumulação, de distribuição e consumo dos bens e serviços, entre outros.

EconomiaQuando o profissional se concentra nos acontecimentos econômicos de um setor, ele pode fazer uso de modelos estatísticos e teorias econômicas para visualizar os impactos que podem atingir não somente a população, mas também o mundo político e o setor industrial no futuro.

É por isso que da rotina desse profissional fazem parte atividade como o desenvolvimento de relatórios e a condução de pesquisas.

Áreas de atuação do economista

Por lei, a atividade está regulamentada desde agosto de 1951. Exigindo assim, a conclusão do curso de bacharelado em Economia ou Ciências Econômicas. Além disso, é necessário o registro profissional concedido pelo Conselho Regional de Economia (Corecon) estadual.

Em geral, as melhores oportunidades para o formado no curso de Ciências Econômicas se encontram em grandes centros urbanos. As vagas se concentram entre os setores privado e público.

No setor privado:

  • bancos;

  • bolsa de valores;

  • consultorias e seguradoras;

  • corretoras e financeiras.

No setor público:

  • bancos públicos;

  • Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social;

  • Banco Central;

  • Comissão de Valores Mobiliários (CVM);

  • fundações e institutos;

  • Ministério da Fazenda;

  • secretarias estaduais.

BancoExiste ainda a possibilidade de o profissional seguir a carreira acadêmica, enquanto docente ou na área da pesquisa. Grandes universidades costumam apresentar programas interessantes para quem pretende se dedicar à área.

Mercado e perspectivas

Costuma ser positiva a percepção do economista a respeito do mercado de trabalho. Isso porque ele tem espaço em empresas, escritórios e ONG’s, por exemplo. Também vale lembrar que existem concursos públicos para economista com altos salários.

É preciso destacar, em especial, a demanda de instituições financeiras, institutos de pesquisas, serviços de consultorias, entre outros, por especialistas no setor. Como o economista se capacita para realizar análises e projeções econômicas, sua atuação pode ser útil para diferentes tipos de mercado.

Com boas perspectivas profissionais, o salário do economista é consideravelmente alto se considerarmos a realidade do brasileiro. De acordo com o site Love Mondays, o salário médio bruto é de R$ 7.457,00 mensais.

Enfim, o curso de Ciências Econômicas é responsável por levar ao mercado profissionais aptos a analisar processos e, em função disso, apresentar simulações a respeito daquilo que tende a ocorrer. Trata-se, portanto, de uma categoria importante para a sociedade e com boa demanda no mercado de trabalho.

Se interessou pelo curso de Ciências Econômicas? Então, saiba mais sobre a graduação que a Unigran Net oferece clicando aqui.


Postagens Relacionadas